Informações de como fazer o Cartão Cidadão

Muitos cidadãos não têm conhecimento dos direitos disponíveis a cada um de nós, fazer cartão cidadão online é um deles por exemplo. Sabemos da importância de ter em mãos o cartão cidadão, mas nem todo mundo sabe como fazer ou tirar a segunda via do cartão cidadão.

A utilidade do cartão é muito importante, pois garante ao cidadão o direito a consultar alguns benefícios como Seguro Desemprego, PIS, Calendário PASEP, Fundo de Garantia FGTS. Muito útil, veja agora como fazer cartão cidadão.

Cartão Cidadão Como Fazer

Não tem muito segredo para fazer o cartão cidadão. Veja os documentos que você precisa ter em mãos para fazer o cartão.

  • Identidade;
  • Número do PIS;
  • Comprovante de endereço.

Com esses dados em mãos você pode solicitar o cartão do cidadão por telefone através do tele atendimento da Caixa Econômica Federal. Para isso ligue de um telefone fixo, público (orelhão) para o número 0800 726 0101 que um atendente iniciará o processo juntamente com você.

A segunda forma de fazer cartão cidadão é dirigindo-se até uma agencia da Caixa Econômica portando sua Identidade, Carteira de Trabalho e um comprovante de endereço, pode ser um recibo de água, luz, gás ou telefone, fatura de cartão de credito também pode ser usada.

Quanto tempo demora a chegar o Cartão Cidadão

Após solicitar o cartão, você o receberá em no máximo 30 dias uteis após o dia em que você solicitou. Para isso basta apenas que você tenha informado corretamente seu endereço que os correios entregarão no local informado.

Caso não receba em sua casa após esse período, dirija-se a agencia da caixa econômica mais próxima, em alguns casos os correios devolvem o cartão para a agencia mais próxima do endereço do cidadão. Com o cartão cidadão em mãos você pode usufruir de diversos serviços. Uma boa dica é aprender como calcular FGTS para saber quanto você já tem acumulado.

Com o cartão em mãos você precisa ativar ele em uma agencia da caixa ou em uma lotérica, também é possível através do telefone para poder sacar o PIS. Somente depois da senha cadastrada você poderá utiliza-lo.

Como e quando receber o Abono salarial

O PIS 2019 é um programa do governo para trabalhadores de baixa renda, onde é pago um salário mínimo para que o cidadão possa complementar a sua renda durante o ano em questão. O complemento é nada mais do que um Abono Salarial do Programa de Integração Social (PIS), sendo muito importante para boa parte da população trabalhadora.

Mas todos os anos o programa acaba sofrendo algumas mudanças e muitas dúvidas surgem na cabeça do empregado sobre o benefício, principalmente na hora de receber e é por este motivo que hoje estaremos tirando todas as dúvidas em relação a quem tem direito, o calendário de saque, como fazer a retirada e outros assuntos provenientes do PIS.

Qual trabalhador tem direito ao PIS?

Para poder sacar o PIS 2019, o trabalhador deverá estar cadastrado no programa a pelo menos 5 anos. O empregador é o responsável por realizar este cadastro assim que a carteira for assinada. Além desta regra essencial para receber o benefício, a pessoa física deverá ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano vigente, ou seja, 2019 e também pelo menos 30 dias no ano anterior (2018).

Para saber se você tem direito em relação ao salário em carteira, saiba que o benefício é pago somente para quem ganha até dois salários mínimos, portanto em 2019, quem pode receber o PIS, deverá ganhar no máximo R$ 1874.

O contratante deverá também além do cadastro, manter atualizado os dados do trabalhador no Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Como sacar o PIS?

Se todos os quesitos acima foram preenchidos, então o trabalhador poderá passar para o próximo passo que é realizar a consulta no calendário de pagamentos do benefício. Não adianta ir antes da data pré-determinada pelo governo, que é de acordo com o mês do seu aniversário, que o dinheiro não estará lá.

Para que o saque seja realizado, o governo exige que o trabalhador faça o saque através da Caixa Econômica Federal, sendo correntista ou não, através de Casas Lotéricas com o Cartão Cidadão e um documento com foto (RG, Passaporte ou Carteira Nacional de Habilitação). Se você não possui o Cartão Cidadão, poderá fazer o mesmo através da Caixa, indo até uma agência ou através do site.

Quem é correntista da Caixa, irá receber o benefício automaticamente através de uma transferência para a conta.

Calendário do PIS 2019

  • Nascidos em Janeiro ou Fevereiro, tem datas para sacar entre 19/01/2019 a 30/06/2019
  • Nascidos em Março ou Abril, tem datas para sacar entre 16/02/2019 a 30/06/2019
  • Nascidos em Maio ou Junho, tem datas para sacar entre 16/03/2019 a 30/06/2019
  • Já nascidos em outros meses, poderiam ter sacado seu PIS desde 2016, mas o limite é até 30/06/2019.

Como consultar?

Para quem precisa realizar uma consulta, o Governo Federal disponibilizou uma ferramenta chamada Caixa Trabalhador, um aplicativo disponível para smartphones Android ou IOS, que permite a consulta ao PIS e também ao seguro desemprego.

Outras informações sobre o pagamento do PIS.

Lembramos que o mínimo de dias trabalhados no ano base é de 30 dias, mas o pagamento será realizado proporcionalmente ao tempo de carteira assinada. Quem teve carteira assinada de 30 a 44 dias, em 2019 irá receber R$ 79. Somente quem teve carteira assinada de 345 a 365 dias no ano irá receber o montante total de R$ 937.

Para mais informações acesse a página do PIS no www.caixa.gov.br

http://www.participa.br/sites/blog/pis-2019-como-e-quando-receber-o-abono-salarial

Cartão para receber benefícios do Governo Federal

O programa Bolsa Família foi idealizado pelo governo federal e já beneficia inúmeras famílias em situação de extrema pobreza. Para poder receber esse benefício, as famílias precisam do Cartão Bolsa Família 2019. O saque do benefício depositado é feito sempre com o Cartão Bolsa Família 2019 e esse é o nosso assunto de hoje. Quer saber tudo? Continue conosco!

As famílias são divididas da seguinte maneira:

  1. As extremamente pobres com renda mensal per capita de R$ 77,00
  2. As pobres com renda mensal per capita de R$ 77,01 até R$ 154,00 (desde que na sua composição haja gestantes e crianças ou adolescentes de 0 até 17 anos)

Para conseguir receber esse benefício do governo, as famílias devem se inscrever no Cadastro Único (CAD). A seleção é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social de Combate a Fome que analisa todas as informações fornecidas pelas famílias e determina quais serão beneficiadas. Após serem selecionadas, o responsável pela família deve providenciar a confecção do Cartão Bolsa Família 2019.

Esse programa do governo funciona realizando a transferência direta de renda e diminuindo, portanto, as diferenças e desigualdades sociais.

Com o Cartão Bolsa Família 2019 em mãos, o saque do benefício pode ser feito nas agências da Caixa Econômica e em Casas Lotéricas. Além do Bolsa Família, outros serviços podem ser consultados como o FGTS, o seguro-desemprego e o abono salarial PIS.

Cartão Bolsa Família 2019: O que é?

O Cartão Bolsa Família 2019 é o cartão que permite que as famílias beneficiárias do programa possam fazer saques.

Toda família que está no programa possui um NIS (número de identificação social). Ele corresponde aos 11 primeiros dígitos do cartão. É possível encontrar também todas as informações pessoais do responsável pela família.

Se o seu cartão ainda não chegou, você pode sacar tranquilamente o seu benefício em uma Agência da Caixa apresentando apenas o seu documento de identificação. O Cartão Bolsa Família 2019 costuma ser entregue em um prazo que varia de 30 a 45 dias.

Como Fazer?

Toda família que recebe o benefício do Bolsa Família precisa estar inscrita na secretaria de Assistência Social do município onde reside.

Não existem muitas dificuldades para conseguir o Cartão Bolsa Família 2019. Assim que o benefício é liberado, a Caixa Econômica Federal se encarrega de distribui-lo. Como comentamos, ele demora cerca de 45 dias para ficar pronto. Caso esse prazo se exceda, o recomendável é entrar em contato com uma agência da Caixa.

Senha

Uma das principais seguranças de um cartão está na sua senha. O Cartão Bolsa Família 2019, não vem com senha justamente para garantir que o seu benefício não corre risco nenhum.

Sabendo disso, o portador deve ir até uma agência da Caixa Econômica com o envelope do recebimento, documento de identidade com foto e o Cartão Bolsa Família 2019.

Um atendente do banco ativará o cartão e cadastrará uma senha escolhida pelo beneficiário.

É expressamente proibido por lei a confecção, venda ou qualquer ato ilícito com o cartão do Bolsa Família, sendo considerado crime qualquer ato que vá contra a lei.

Preciso do Cartão do Cidadão para sacar o dinheiro

Já se foi o tempo em que você precisava comparecer pessoalmente nas agências bancárias para conseguir informações tão simples. Hoje em dia, você pode fazer a sua consulta Extrato PIS 2019 Online. Quer saber como fazer isso no conforto da sua casa? Fique conosco e saiba tudo sobre o Extrato PIS 2019 Online.

Extrato Online

Antes de você saber como realizar essa consulta do Extrato PIS 2019 Online, é importante que você saiba o que é o PIS. Muitas pessoas têm dúvidas em relação a esse benefício, o que ele é de fato, se tem direito de recebê-lo, como faz para sacar, entre outras questões.

Vamos entendê-las antes de prosseguir com a consulta? Acompanhe nossas informações a seguir.

Tire também suas dúvidas sobre>> Quem tem direito ao PIS 2019!

O Que é o PIS?

O PIS, Programa de Integração Social, tem como principal objetivo integrar o trabalhador com a empresa em que trabalha. Essa integração auxilia no desenvolvimento da empresa e beneficia o trabalhador com uma quantia anual em dinheiro.

O surgimento desse programa facilitou o desenvolvimento de empresas legais e inibiu o surgimento de empresas ilegais.

Todo trabalhador deverá consultar o Calendário do PIS 2019 de pagamento que geralmente é disponibilizado anualmente pela Caixa Econômica Federal. A data de recebimento varia de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

Esse calendário de pagamento foi criado justamente para evitar filas e tumultos nas agências. Se todas as pessoas recebessem no mesmo dia, seria um caos.

Quem Pode Receber Esse Benefício?

Antes de você aprender a consultar o Extrato PIS 2019 Online, vamos entender quem tem direito a esse benefício.

Para receber esse benefício, é preciso que o trabalhador seja cadastrado no programa há pelo menos 5 anos.

Ele deve ter recebido, no ano anterior, até 2 salários mínimos por mês.

Ele deve ter trabalhado, no ano anterior, com carteira assinada por pelo menos 30 dias.

O empregador deverá manter todas as informações do trabalhador atualizada na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Como Sacar Esse Benefício?

Sacar o benefício do PIS é muito fácil depois que ele estiver disponibilizado para você. Veja as formas de sacar esse benefício:

Se você já possuir o seu Cartão Cidadão, basta dirigir-se a uma agência da Caixa ou a algum terminal de atendimento e realizar o saque.

Caso não possua esse cartão, dirija-se a uma agência com um documento de identidade com foto.

Se você for cliente da Caixa Econômica Federal, o seu benefício será depositado automaticamente.

Qual é o Calendário de Pagamento?

Por enquanto, só foi divulgado o calendário com as datas de pagamento do PIS para o primeiro semestre de 2019. Assim que divulgarem as novas datas, nós atualizaremos o site.

Confira a tabela a seguir!

Como Consultar o Saldo?

Como nós dissemos, essa consulta poderá ser feita online, basta ter algum aparelho com acesso à internet, pode ser um computador, um celular e até mesmo um tablet.

Para fazer a consulta do seu Extrato PIS 2019 Online, acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal.

Se você não tiver cadastro, clique no botão “Cadastrar senha” e siga as instruções. É muito rápido e fácil. Caso você já tenha cadastro, é só fazer o login informando NIS e Senha da Internet.

Em seguida, é só clicar na aba “PIS” e fazer sua consulta!

Isenção de Impostos para Idosos

Pagar impostos no nosso país é uma obrigação que todos nós, brasileiros, temos que cumprir. Se você é da região de São Paulo, não pode deixar de pagar o IPTU São Paulo 2019. Hoje vamos te ensinar tudo sobre esse imposto e como emitir a 2ª via do boleto do IPTU São Paulo 2019. Continue conosco.

IPTU São Paulo 2019

Muitos brasileiros já sabem que o início do ano é marcado por diversas resoluções de assuntos como matrículas, material escolar, pagamento do IPTU 2019 e contas diversas, estabelecimento de metas e objetivos, entre outros.

Dentre todas essas obrigações, o pagamento dos impostos é a mais importante, pois o seu não pagamento pode acarretar em diversos prejuízos para o cidadão.

Engana-se quem acha que é só no Brasil que são cobrados esses impostos. Em diversas nações, existe a cobrança dos mais variados impostos, inclusive em países de 1º mundo.

Com o avanço da tecnologia e o acesso fácil à internet, muitos assuntos burocráticos, como a emissão da 2ª via do IPTU São Paulo 2019, tornaram-se fáceis de se resolver. Acompanhe nosso post de hoje para saber como fazer isso.

Conheça Mais Informações Sobre o IPTU

Como nós dissemos, os brasileiros já sabem que precisam pagar o IPTU, mas poucos sabem para que ele serve de fato e como deve ser empregado.

IPTU significa Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana. Como o nome já dá a entender, todo proprietário de algum imóvel, seja ele comercial ou residencial em área urbana, deverá pagar por esse imposto.

Seja você uma pessoa física ou jurídica, a lei é bem clara: se você tem alguma propriedade em área urbana, terá que pagar esse imposto.

Considerado um tributo municipal, o seu valor varia de cidade para cidade.

A cobrança do IPTU São Paulo 2019 é feita anualmente e você poderá realizar o pagamento à vista ou parcelado, você escolhe de acordo com o seu orçamento e suas condições financeiras.

Para Onde Vai o Dinheiro Arrecadado?

Todo o dinheiro arrecadado com a cobrança do IPTU São Paulo 2019 deve ser utilizado pela prefeitura para realizar melhorias no município.

Essas melhorias podem ser observadas em diversos setores como educação, saúde, limpeza, sinalização e conservação de vias públicas. Lembre-se: caso observe que melhorias não estão sendo feitas, você poderá cobrar as autoridades responsáveis, mas deve estar em dia com seus pagamentos.

Onde Pagar Esse Imposto?

Você poderá pagar esse imposto em qualquer banco conveniado e até mesmo nas agências lotéricas autorizadas, ou seja, muitos estabelecimentos recebem o pagamento dessa conta e, com certeza, tem um perto de você.

  • O pagamento desse imposto poderá ser à vista ou parcelado.

Se você optar em pagar uma parcela única à vista, você receberá um desconto que pode chegar a 20%. Caso opte pelo pagamento parcelado, poderá dividir em até 10x sem juros e, nesse caso, não serão concedidos descontos.

Como Emitir a 2ª Via do Boleto?

Emitir a 2ª via do boleto do IPTU São Paulo 2019 é muito simples, você precisará apenas visitar o site oficial e preencher todas as informações que forem solicitadas.

Tenha em mãos seus documentos, número de cadastro imobiliário e inscrição imobiliária. Clique aqui para preencher o formulário.

Programa Social do Governo

Programa Social do Governo

Programa Social do Governo

Se você chegou até aqui, provavelmente está procurando a Tabela Bolsa Família 2019 para saber quando o seu pagamento será realizado. O programa, que é uma das iniciativas mais importantes do governo federal, ajuda a população de baixa renda com um auxílio mensal em dinheiro. Para consultar a Tabela Bolsa Família 2019 e saber tudo sobre o benefício, continue conosco! Que tal conhecer também a tabela do Seguro Desemprego?

Tabela Bolsa Família 2019: Entenda o Benefício

Criado em 2003 durante o Governo Lula, o Bolsa Família surgiu como uma medida de auxílio voltada a famílias de baixa renda. Desde sua criação, o programa já passou por algumas mudanças e melhorias. A Tabela Bolsa Família 2019 serve para orientar as famílias beneficiadas para que elas saibam quando poderão sacar seu benefício.

O principal objetivo do programa é ajudar as famílias brasileiras que se encontram nas camadas mais vulneráveis da sociedade. Com o auxílio que recebem, fica mais fácil ter acesso a recursos básicos como luz, água, moradia e alimentação.

O pagamento do benefício é garantido todos os meses durante todo o ano. O valor pago, no entanto, pode sofre reajustes. Quando isso ocorre, o governo informa a população a respeito das alterações. Nosso blog também está de olho nessas informações e atualiza os posts sempre que há alterações nesse sentido.

Todos os anos, as famílias que já são cadastradas no programa Bolsa Família precisam fazer o recadastramento para que continue tendo direito ao benefício.

Tabela Bolsa Família 2019: Como Funciona o Pagamento

Todos os anos, é divulgado o Calendário Bolsa Família 2019 de pagamentos do programa Bolsa Família. Essa tabela serve para que os beneficiários possam saber quando receberão seu benefício.

O pagamento é realizado de acordo com o último número do cartão de recebimento do beneficiário. Acontece dessa forma para evitar que todos recebam no mesmo dia, criando filas enormes de espera e causando tumulto nas agências. Assim, a Tabela Bolsa Família 2019 é uma forma de organizar a distribuição do benefício e é por isso que você deve ficar atento.

Tabela Bolsa Família 2019: Onde Sacar o Benefício?

O benefício pago às famílias de baixa renda pelo programa Bolsa Família pode ser recebido em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, em casas lotéricas e em postos de atendimento chamados Caixa Aqui.

Depois de consultar a Tabela Bolsa Família 2019, é só você se dirigir a um desses locais no prazo determinado pelo calendário, levar um documento com foto e o seu cartão do Bolsa Família e realizar o saque.

Tabela Bolsa Família 2019: Requisitos

Caso você ainda não seja beneficiado pelo Bolsa Família, confira, a seguir, os requisitos que devem ser preenchidos por quem quer participar do programa:

Caso não haja crianças, gestantes ou adolescentes na família, a renda mensal máxima por pessoa deve ser de R$ 77,00

Caso contrário, a renda mensal máxima por pessoa deve ser entre R$ 77,01 e R$ 154,00

Tabela Bolsa Família 2019: Calendário

O Calendário Bolsa Família 2019 com o calendário de pagamentos do benefício já foi divulgada. Atualize-se!

Valor que Recebe os Desempregados

Quando uma pessoa é demitida e pretende dar entrada no Seguro Desemprego 2019, uma das primeiras coisas que ela se preocupa é com o valor recebido e quantidade de parcelas. Aqui em nossa página já divulgamos todas as informações para você aprender a calcular tudo isso manualmente. Hoje vamos dar uma dica para você calcular o valor das parcelas de seu benefício sem nenhuma dificuldade.

Valor que Recebe os Desempregados do pais

Valor que Recebe os Desempregados do pais

Para saber quanto você receberá, basta realizar a consulta do Seguro Desemprego 2019, abaixo você saberá também como calcular o valor do seu benefício.

 

Como calcular o Seguro Desemprego

O site http://segurodesemprego2017.com.br/ é especializado em apresentar valores de cálculos trabalhistas. Nele é possível calcular rescisões, férias, juros de financiamentos e o valor do benefício Seguro Desemprego. Se você quer saber de forma rápida e prática o valor que irá receber bem como a quantidade de parcelas, a Calculadora do Seguro Desemprego é uma excelente opção.

Acessando esta página você encontrará um formulário e nele deverá preencher algumas informações importantes para o cálculo das parcelas. Você precisa preencher corretamente todos os campos para que o resultado da calculadora corresponda ao valor real que você irá receber do Seguro Desemprego.

Calculadora do Seguro Desemprego

Você deverá informar os seus três últimos salários, a quantidade de meses trabalhados na empresa que está sendo desligado e se foi beneficiado pelo Seguro Desemprego nos últimos 16 meses. Depois, basta clicar no botão “Calcular” e aguardar o resultado. A página seguinte lhe mostrará o resultado no formato abaixo.

Ex: Você tem direito a 5 parcelas no valor de: R$ 1.235,91 totalizando: R$ 6.179,55.

Essa é uma das formas de conhecer o valor que receberá antes mesmo de dar entrada no benefício. Continue ligado em nossa página que em breve teremos mais novidades sobre o assunto.

Como calcular o Seguro Desemprego

O cálculo do seguro desemprego ao contrário do que muitas pessoas imaginam, não é muito complicado de ser calculado. Os valores devem ser calculados de acordo com a nova tabela que já está em vigor desde 1° de janeiro de 2013. Primeiro deve ser calculada uma média salarial dos últimos três meses, anteriores a data de demissão.

Caso o trabalhador tenha recebido somente nos últimos 2 meses, o cálculo do Seguro Desemprego deve ser proporcional e assim por diante. Depois a média deve ser aplicada a um percentual de acordo com a tabela do Salário Mínimo. Agora, você só precisa contar o seu tempo de trabalho e ver quantas parcelas do seguro desemprego você irá receber.

Agora que você já sabe como calcular e solicitar o Seguro Desemprego, basta separar os documentos e comparecer aos postos de atendimento do MTPS para solicitar o seu subsídio. Dessa forma, você tem a garantia que nem você, muito menos a sua família, passará por dificuldades financeiras enquanto estiver procurando um trabalho mais digno e que lhe proporcione uma maior qualidade de vida.